Reunião virtual promovido pelo SINJOR, debate sobre liberdade de imprensa e violência contra jornalista de Rondônia

0
95

Reunião virtual promovido pelo SINJOR, debate sobre liberdade de imprensa e violência contra jornalista de Rondônia

“A imprensa não pode se calar, diante de casos envolvendo jornalistas” disse o delegado da PCRO, Rodrigo Camargo.

Imagem: Vídeo conferência

A reunião promovida pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Rondônia, nesta terça-feira (23), com início às 18h, foi realizada virtualmente com a participação de convidados e representantes da PCRO (Polícia Civil de Rondônia) para debaterem sobre a liberdade de imprensa e violência contra jornalista de Rondônia.

O jornalista e presidente do sindicato, Antônio Cavalcante, agradeceu aos representantes por aceitarem o convite, e aos participantes da reunião, passando a palavra para o jornalista e representante do interior, Alexandre Fernandes, que iniciou a reunião com leitura com temas pertinentes a liberdade de expressão x liberdade de expressão, resumo da violência contra jornalista no Brasil, pesquisas, violência nas regiões brasileira, e sobre as ameaças proferidas ao colega jornalista de Ariquemes, Wilson Rodrigues, popular Pica Pau.

RODRIGO CAMARGO

No uso da palavra, o delegado titular da regional de Ariquemes, Rodrigo Camargo, chamou a atenção dos participantes da importância de apoio e divulgação de colegas que sofrem algum tipo de ameaça, perseguição e impedimento por poderosos que tentam a todo custo cercear o direito de expressão de jornalistas.

Na oportunidade, Rodrigo Camargo, comentou sobre o episódio envolvendo o repórter de Ariquemes, Pica Pau, que após divulgação de matéria com referências a ex-apenados fugitivos da justiça, divulgaram vídeo ameaçando o profissional.

Segundo o delegado, a soma de pena imposta ao infratores, ultrapassam 200 anos e que não mediram esforços para localizar e devolver os meliantes ao presidio para responderem pelos seus crimes.

Disse ainda, que a imprensa tem uma participação importante, divulgando fotos dos elementos para que a sociedade denuncie.

THIAGO FLORES

De maneira sucinta, o delegado e atual diretor do departamento de polícia do interior, Thiago Flores, agradeceu pelo convite, lembrando do bom relacionamento com a imprensa, quando gestor da prefeitura municipal de Ariquemes e que se coloca sempre à disposição da imprensa para somar e contribuir com a segurança em casos de ameaças e perseguições.

Thiago, elogiou o colega Rodrigo pelo empenho e condução na reunião, pois considera como um profissional capaz e responsável pelo excelente trabalho à frente da instituição.

GILSON DA REDE TV

O proprietário da Rede Tv, Gilson Santos, foi convidado para comentar sobre a situação envolvendo o repórter Pica Pau e disse que diante das ameaças, precisou tomar atitudes de proteção ao profissional que se sente intimidado e inseguro pelas ameaças.

Ao finalizar, Gilson agradeceu ao empenho dos delegados e que se sente confiante que a justiça e a responsabilidade das ações dos ex-apenados será em breve encerrado.

ANTÔNIO CAVALCANTE

O presidente do sindicato, Antônio Cavalcante, lamentou que mesmo diante dos inúmeros convites aos colegas de diversos setores da comunicação, a participação não atingiu a quantidade esperada, mas que tudo é um início e que o cenário atual tende a mudar com as ações realizadas pelo sindicato.

Em tom de decepção, Cavalcante, salientou a dificuldade dos meios de comunicação posicionar as suas manifestações frente as mazelas causadas por aqueles que tentam a todo custo causar alguma prejuízo a sociedade.

Ao encerrar a reunião, Cavalcante, agradeceu aos convidados por se colocarem a disposição de tratar dos assuntos com respeito a imprensa de Rondônia e que acredita que é este o caminho à ser trilhado.

Alexandre Fernandes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here